Após denúncia, Índio deve romper aliança com prefeito

O pré-candidato ao governo do Rio, Indio da Costa (PSD), está quase desembarcando da aliança com o prefeito Marcelo Crivella (PRB). O deputado federal fez duras críticas ao até então aliado após o encontro do bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus com pastores evangélicos no Palácio da Cidade.

"Foi um erro, que não foi bom pra ninguém. Nem para o povo, nem para os evangélicos e nem mesmo para Crivella", disse ao Informe do Dia.

Indio da Costa foi candidato a prefeito do Rio em 2016, mas foi derrotado. No segundo turno, o deputado apoiou Crivella. Em troca, ele pediria votos para Indio nas eleições desse ano. Com a vitória de Crivella, o parlamentar assumiu a secretária municipal de Urbanismo, Infraestrutura e Habitação. Deixou o cargo para concorrer ao Palácio Guanabara.

Na edição desta quinta-feira (6/07), os jornais "O Globo" e "Extra" revelaram um encontro realizado por Crivella em uma agenda secreta no Palácio da Cidade. O prefeito ofereceu ajuda a pastores e líderes de igrejas com problemas de IPTU em seus templos ou que queiram angariar fiéis com necessidade de fazerem cirurgias de catarata e varizes na rede municipal de saúde.

Agenda do Poder
Todos os direitos reservados - 2013