Polícia Federal mira agora Tribunal de Contas do Município

A Polícia Federal cumpriu um mandado de busca e apreensão no apartamento de Sérgio Lopes Tadeu, ex-assessor do Tribunal de Contas do Município (TCM), em Copacabana, Zona Sul do Rio, na manhã desta quinta-feira. Por volta das 8h, os agentes foram ao local acompanhados de uma equipe do Ministério Público Federal (MPF) e levaram arquivos, um malote e um computador.

Sérgio Tadeu foi citado na delação da empreiteira OAS e teve a exoneração publicada em agosto, no Diário Oficial do Município. Ele era braço-direito do presidente do tribunal, Thiers Montebello. O ex-assessor é acusado de integrar o esquema criminoso que levou preso o secretário de Obras do ex-prefeito Eduardo Paes, Alexandre Pinto.

Em nota, o TCM informou que Montebello está embarcando para um evento fora do Rio nesta manhã. O órgão destacou que vai aguardar as investigações e que "não tem como se pronunciar", pois não "foi informado de nada".

 

"Sérgio Tadeu não é mais funcionário do Tribunal de Contas do Município desde 11 de agosto passado, quando, a pedido, foi exonerado do cargo que ocupava há mais de 20 anos nesta Corte de Contas, em virtude de alusão de seu nome em matéria jornalística veiculada pela mídia", lembrou.

Agenda do Poder
Todos os direitos reservados - 2013