TCE reapresenta indicações para Pezão

O Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) reapresentou na tarde desta quarta-feira ao governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, a lista tríplice com os nomes dos três conselheiros-substitutos que já havia sido enviada ao Palácio Guanabara no dia 28 de setembro. Rodrigo Melo do Nascimento, Marcelo Verdini Maia e Andrea Siqueira Martins voltaram a concorrer à vaga de conselheiro aberta após a aposentadoria do ex-presidente Jonas Lopes de Carvalho.

Após pressão do deputado licenciado Edson Albertassi, preso na Operação Cadeia Velha, os três renunciaram conjuntamenta à candidatura. Pezão chegou a indicar Albertassi para o cargo, mas depois o próprio deputado desistiu diante da polêmica. Agora, o governador terá que escolher um dos três candidatos para o cargo.

Em depoimento ao ministério Público Federal, os três conselheiros substitutos disseram que foram procurados por Albertassi com a cartas de desistência já redigidas, deixando assim o caminho livre para a sua indicação pelo governador Luiz Fernando Pezão.

A indicação aconteceu no dia 7, depois que os três conselheiros-substitutos desistiram de concorrer ao posto. Dois dias depois, o escolhido pelo governador foi sabatinado e aprovado por uma comissão da Alerj.

No mesmo dia da sabatina, os deputados do PSOL protocolaram a ação na qual pediam que a indicação de Albertassi fosse sustada e requeriam a formação de uma nova lista tríplice composta "exclusivamente" por auditores do TCE ou por membros do MP junto ao Tribunal.

Em nota, a assessoria de Albertassi nega que o deputado tenha pressionado os conselheiros-substitutos a desistirem da candidatura.

 

"Apesar de questionados pela polícia insistentemente se teriam sido pressionados, os três afirmaram categoricamente que em nenhum momento se sentiram pressionados ou intimidados", diz a nota.

Agenda do Poder
Todos os direitos reservados - 2013