22/11/2019 18:24

Alerj põe fim a ato inconstitucional do TRF-2 e revoga a prisão de 5 parlamentares

imagem

Por 39 votos a 24, a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) acaba de determinar a soltura de cinco deputados que estão presos pelo TRF-2, em decisão de caráter inconstitucional.

Serão soltos: André Correa (DEM), Chiquinho da Mangueira (PSC), Luiz Martins (PDT), Marcus Vinicius Neskau (PTB) e Marcos Abrahão (Avante).


A votação foi determinada pela ministra Cármen Lúcia, do STF, atendendo a um pedido das defesas dos presos.

Os deputados foram investigados no âmbito da Operação Furna da Onça, investigou um esquema de corrupção na Alerj comandado pelo ex-governador Sérgio Cabral e que contou com a participação de parlamentares, empreiteiras e da federação das empresas de ônibus do Rio.

A decisão de tirar da cadeia os deputados agora será enviada ao TRF da 2ª Região, emitirá o alvará de soltura.

Em tese, eles não poderão reaver seus mandatos.

'