23/10/2019 01:16

COM PARECER DIVERGENTE , COMISSÃO DE ORÇAMENTO APROVA CONTAS DE PEZÃO

imagem

Por 4 votos a 3, a Comissão de Orçamento da Alerj aprovou as contas do ano passado dos ex-governadores Pezão e Francisco Dornelles. Agora, a casa terá até 60 dias para colocar a pauta em votação na plenária. O Tribunal de Contas do Estado (TCE) havia dado parecer contra a prestação de contas. O presidente da comissão , Rodrigo Amorim (PSL) , em rota de colisão com o governador Wilson Witzel, produziu relatório de acordo com as recomendações do TCE. Mas Rodrigo Bacelar, um dos deputados mais próximos do presidente André Ceciliano, fez um parecer divergente, no sentido na aprovação e foi vitorioso.

Concordaram com o relatório de Amorim os deputados Eliomar Coelho( PSOL) e Luiz Paulo (PSDB) . Já o vice-presidente da Comissão , Rodrigo Bacelar (SDD), ao argumentar que todos os ex-governadores do Rio tiveram contas aprovadas mesmo com apontamento de irregularidades, apresentou relatório pela aprovação das contas de Pezão/Dornelles. Esse posicionamento foi acompanhado pelos deputados Márcio Pacheco (PSC) e Marcio Canella (MDB. A deputada Zeidan (PT), a última a apresentar seu voto, acabou por decidir o placar. Ela votou pela aprovação das contas ao se colocar contra o “linchamento público de políticos “ e ao argumentar que a rejeição seria prejudicial à recuperação financeira do estado.



Rodrigo Bacellar disse que estudou todas as contas desde o governo de Leonel Brizola , e que sempre houve aprovações.

— Todos governadores cometeram irregularidades , e sem exceção as contas foram aprovadas. E além do mais, no último ano a crise financeira só se agravou. Ninguém consegue enquadrar 100% suas contas na prestação .

Após a votação, o deputado Alexandre Knoploch (PSL) afirmou querer “não acreditar “ que houve manobra do governo pela votação da comissão .

'