19/09/2019 15:43

Chapa de Quaquá obtém vitória acachapante na eleição interna do PT

imagem

A chapa da CNB, corrente majoritária do PT, à direção nacional obteve vitória acachapante no processo de eleição direta do partido no Rio. Liderada pelo ex-prefeito Washington Quaquá, obteve 55,03% dos votos: 11 614 sufrágios num total de 21.106 votantes. A vitória confirma a indicação de Quaquá para a direção nacional do partido. A chapa 200. onde estavam o ex-senador Lindbergh Farias e os ex-deputados Wadih Damous e Jorge Bittar, obteve 1473 votos, ou seja 6,9% . As demais chapas obtiveram a seguinte votação: chapa 260, 3073 votos; 250, 2918; 220, 901; 210, 122 e 270, 62.

Na disputa da direção regional, a chapa liderada por João Maurício obteve cerca de 40% dos votos, numa disputa em que participaram outras sete chapas, a maioria das quais integrada também por eleitores de João Maurício. A projeção é que ele obtenha 70 % dos delegados à convenção estadual, sagrando-se presidente com facilidade.

Na disputa na Capital, o grupo majoritário do PT no Rio, do qual fazem parte o presidente da Alerj, André Ceciliano, Quaquá e a deputada Benedita da Silva, obteve outra expressiva vitória. O secretário de articulação do partido, Tiago Santana, obteve 42% dos votos contra 32% do ex-vereador Adilson Pires. No segundo turno, previsto para 22 de setembro, a expectativa é de que Tiago vença, dado que a maioria das demais chapas o apóiam nesta segunda rodada.

'