22/11/2019 18:47

Em meio à polêmica, Alerj discute se homenageia Sérgio Moro

imagem

A polêmica sobre o papel heterodoxo do ex-juiz e atual Ministro Sérgio Moro na condução da operação Lava Jato, explicitada pelo site Intercept, deve ocupar o debate na Alerj na próxima quarta-feira. É que estará em votação um decreto de resolução da deputada Alana Passos (PSL) concedendo a Moro a medalha Tiradentes – maior honraria da Casa.

Deputados de partidos de esquerda preparam forte contestação à honraria, dada as suspeições que pairam sobre Moro a partir das revelações de suas conversas com integrantes do Ministério Público, especialmente Deltan Dallagnol.

A inclusão do tema na pauta da Alerj precedeu às explosivas publicações do Intercept e teria aprovação tranquila sem maiores contestações. A partir da revelação do caso, o sentimento é de que a votação nesta semana vai transformar o parlamento fluminense num caldeirão de confrontos ideológicos entre parlamentares afinados com o presidente Bolsonaro e os demais.

Semana passada, a rejeição por 31 a 17 da proposta de criação de uma CPI para investigar a gestão das universidades estaduais, especialmente a Uerj, fez acirrar as divergências de fundo ideológico, isolando a bancada do PSL. Foi a primeira derrota explícita da bancada do partido.

'