26/04/2019 06:48

Bretas vai ouvir hoje mais uma vez o delator Carlos Miranda

imagem

O juiz Marcelo Bretas ouvirá os depoimentos de Carlos Miranda, operador do ex-governador Sérgio Cabral, e de César Romero, ex-subsecretário de Saúde do Rio, nesta segunda (18). Os dois falarão sobre esquemas de propina na Saúde, em ação decorrente da Operação Fatura Exposta.
Bretas quer detalhes e o modus operandi do esquema que teria desviado milhões de reais da área de saúde do Governo do Estado, durante a gestão de Sérgio Cabral. Miranda funcionava como operador de Cabral junto ao grupo e Romero, primo da esposa do ex-secretário Sérgio Cortes, fazia parte do núcleo que atuava diretamente na maquiagem de valores e contratos a fim de permitir a cobrança de propinas junto a empresários do setor.

Eles delataram a corrupção protagonizada pelos empresários Miguel Skin e Gustavo Estellita, responsáveis por empresas de produtos médicos e próteses.

Segundo o MPF, Skin e Estellita pagavam propina no exterior para obter benefícios em contratos com a secretaria de Saúde.



'