17/02/2019 12:40

Tofolli vai decidir se Gilmar ficará com o caso dos deputados presos

imagem

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffolli decidirá se o ministro Gilmar Mendes será o relator da investigação, que tem como principais alvos parlamentares e servidores Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).Em dezembro do ano passado, o ministro Luiz Fux, que estava na presidência do plantão do Supremo, atendeu um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) e decidiu que a relatoria do caso seria de Carmen Lúcia.

A defesa da ex-servidora da casa Andreia Cardoso do Nascimento, que está presa, entrou com petição contestando a decisão de Fux. Com isso, a distribuição do caso foi parar nas mãos do presidente da Corte, Dias Toffolli. Agora caberá a ele decidir se Gilmae decidirá sobre a liberdade da ex-servidora e dos deputados presos no Rio.

O caso já tem 29 denunciados pelo MPF, sendo 10 deputados estaduais, além de ex-secretários e servidores da Alerj e o ex-governador Sergio Cabral. A investigação apurou nomeações viciadas e pagamento de mesadas a políticos em troca de apoio aos governo de Cabral e Luiz Fernando Pezão. (Aguirre Talento e Bela Megale)

'