09/08/2020 16:40

Pastel, Pudim ou somente Alckmin vira réu por corrupção e lavagem

imagem

A Justiça Eleitoral de São Paulo aceitou a denúncia do Ministério Público contra o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), por falsidade ideológica eleitoral ("caixa dois"), corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Agora, Alckmin vira réu no processo.

O Ministério Público acusou Geraldo Alckmin de receber R$ 11,3 milhões da Odebrecht, durante as campanhas eleitorais de 2010 e 2014 ao governo do estado de São Paulo pelo PSDB. O ex-governador foi citado por três delatores do grupo. Segundo o MP, Alckmin recebeu os recursos sob o uso de diversos codinomes, como "pastel", "pudim" e "bolero".

'