28/05/2020 22:41

LUZ NO FIM DO TÚNEL. Cai o número de internações de pacientes com Covid-19 no Copa Dór

imagem

Em meio a notícias sombrias e angustiantes, há alguns sinais de que finalmente surge uma luz no fim do túnel. A maior rede privada de hospitais do Brasil, a rede Dor, registra, no Rio de Janeiro, nos últimos três dias, queda no número de internações de pacientes com Covid-19. Um dos dois andares com leitos de UTI criados exclusivamente para pacientes com coronavírus, no Copa Star, a unidade cinco estrelas da rede. foi temporariamente desativado. Também no Copa Dór houve registro de queda de internações com Covid-19. A boa notícia está sendo tratada com cautela, pois ainda há grande número de pacientes internados com a doença e a queda não é ainda sustentada, pois ocorre em apenas três dias. Mas traz esperança de que estamos saindo do pior momento da pandemia.

Também o Samaritano, outro importante hospital da rede privada no Rio, registrou nos últimos dois dias queda de internações com Covid-19. Três unidades especiais de UTI do hospital foram desativadas hoje.

A análise de um médico dedicado ao estudo do coronavírus no Rio é de que o fenômeno não é uniforme. A classe média teria cumprido a quarentena com isolamento radical, explicando o fato na Zona Sui. Na periferia e nas comunidades, especialmente na Baixada Fluminense e em São Gonçalo, há, ao contrário, uma explosão de casos.

'