22/09/2020 08:15

Wladimir Garotinho: Moro mais uma vez apresenta provas frágeis

imagem

Na opinião do deputado Wladimir Garotinho (PSD), o vídeo não foi prova cabal da interferência de Bolsonaro na Polícia Federal. Para Wladimir, Sérgio Moro condenou o ex-presidente Lula com provas frágeis. E agora erra novamente.

“Sejamos racionais sem paixões ideológicas. O vídeo foi divulgado com a intenção de ser uma prova cabal de interferência na polícia federal, mas não é. Discordei publicamente quando Sérgio Moro condenou Lula no caso do triplex pois as provas eram frágeis, agora são novamente.”

'