02/06/2020 06:12

SEM AJUDA FEDERAL, WITZEL PREVÊ O CAOS

imagem

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, usou suas redes sociais para fazer uma denúncia: “Se o governo federal não der uma solução para os estados, vamos entrar em um verdadeiro caos”. Ele ainda revela que o governo do Estado irá distribuir um milhão de cestas básicas a moradores que irão ficar sem renda durante o período de isolamento social.

Os governadores dos 27 estados da federação unem-se em uma cruzada contra as propostas do governo federal de acabar com a quarentena e também reivindicam mais recursos para conter a pandemia.

Ontem, após reunirem-se, os governadores salientaram que a medida de quarentena irá ser mantida a toda população, rechaçando a proposta de isolamento vertical proposta do por Bolsonaro, que deixaria recluso apenas idosos e pessoas com comorbidades.

Mais cedo, em entrevista ao Bom dia Rio, o governador afirmou que não conseguirá manter as medidas protetivas no estado para conter o coronavírus caso o governo federal não dê ajuda financeira e citou "caos financeiro" ao se referir a esse quadro. De acordo com ele, em entrevista dada ao "Bom Dia Rio", o prazo final que imagina para esse socorro é a próxima segunda-feira. Segundo Witzel, após essa data limite, "a responsabilidade passa a ser deles (governo federal)".

- Se o governo federal não apresentar até segunda-feira algo que dê esperança, será muito difícil seguir com medidas protetivas. É lamentável a falta de responsabilidade do governo federal - afirmou o governador.

'