28/05/2020 20:56

PT cria grupo de trabalho para elaborar programa de aliança com PSOL

imagem

Em entrevista ao Jogo do Poder, que vai ao ar no próximo domingo, o presidente municipal do PT, Tiago Santana, anunciou a criação de um grupo de trabalho para elaborar um programa de recuperação da cidade do Rio de Janeiro. O conjunto de propostas servirá de base para a construção de uma plataforma conjunta de aliança com PSOL, caso evoluam as negociações sobre o apoio à candidatura do deputado Marcelo Freixo.

Após elogios à deputada Benedita da Silva, principal nome para compor a chapa com o PSOL, Tiago afirmou que não basta “dançar” com aliado para o casamento se efetivar. Ele fazia alusão ao fato de Benedita ter dançado com Freixo no dia em que Lula fora homenageado no Circo Voador. ‘É necessário um programa consistente de propostas para retirar o Rio da grave crise em que se encontra”, completou.

Confrontado com a orientação de Lula para PT disputar com candidatos próprios às principais cidades do País, Tiago disse concordar inteiramente com a proposta. Contudo, na sua opinião, a situação, no Rio, é um pouco diferente dada a força do presidente Bolsonaro na cidade. “Portanto, acho importante esta aproximação com o PSOL para derrotar a direita”, justificou.

Ao ser cobrado sobre a aproximação do PT com Eduardo Paes em gestões anteriores, Tiago afirmou que o ex-prefeito é que mudou de posição ao se filiar ao DEM, afastando-se das posições de interesse popular defendidas pelo PT. ‘Nós continuamos, coerentes, em nossas posições de defesa dos pobres, dos negros e também das minorias em geral.

Morador da Vila Kenedy, articulado, com trânsito entre as diversas tendências do partido, Tiago tem 39 anos e, ao lado do presidente estadual da legenda João Maurício, é um dos nomes do movimento de renovação do comando petista no Rio. A dupla – Tiago e João – mereceu recentemente elogios de Lula pela simbologia da renovação partidária que representam. “O PT do Rio está no caminho certo”, comentou ao vê-los assumindo à direção partidária.

Uma de suas primeiras tarefas será organizar o Festival 40 anos, evento em que o PT comemorará 4 décadas de existência. Será no Armazém da Utopia na Praça Mauá, nos dias 7 e 8 de fevereiro, e terá a participação de Lula e de lideranças de todos os estados. O encontro prevê também a presença de líderes internacionais da esquerda, entre os quais o ex-presidente do Uruguai Pepe Mujica, cujo comparecimento será confirmado nos próximos dias. A vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, também foi convidada.

'