17/02/2019 12:59

Promotores fazem vistoria na cela de Pezão

imagem

Promotores da auditoria da Justiça Militar realizaram, na manhã desta terça-feira, uma vistoria nas celas de Luiz Fernando Pezão, e do ex-procurador-geral de Justiça Claudio Lopes no Batalhão Especial Prisional (BEP), no Fonseca, Zona Norte de Niterói. Nada foi encontrado.

Pezão foi preso pela Polícia Federal (PF) na última quinta-feira, acusado de receber propinas de R$ 39 milhões entre 2007 e 2014, período em que ficou à frente do Estado, além de exercer o cargo de vice-governador e secretário de Obras de Sérgio Cabral.

Por sua vez, Claudio Lopes foi preso no dia 8 de novembro, acusado pelo Ministério Público de integrar esquema de corrupção montado por Cabral para não investigar os aliados.

'