24/04/2019 11:42

Ex-prefeito de Silva Jardim e presidente da Câmara são presos por corrupção

imagem

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Grupo de Atribuição Originária Criminal da Procuradoria-Geral de Justiça (Gaocrim/MPRJ), e a Polícia Civil, por meio da Delegacia Fazendária, prenderam, na manhã desta sexta-feira, o ex-prefeito de Silva Jardim, Wanderson Gimenes Alexandre, que foi eleito este ano como deputado estadual. Também foi preso o presidente da Câmara de Vereadores do município, Roni Luiz Pereira da Silva. Segundo o MP, eles montaram esquema de arrecadação ilícita junto a empresários em troca de favorecimentos.

Também há mandados de prisão contra Cláudio Renato Rocha da Silva, que ocupava a função de assessor-chefe do gabinete do então prefeito; e Jorge Luiz Araújo, estrategicamente nomeado por Wanderson Gimenes como membro da equipe de apoio e substituto eventual da Comissão Geral de Licitações da cidade.

Segundo a denúncia, eles foram denunciados por montarem uma organização criminosa voltada para esquema de arrecadação de vantagens ilícitas, a partir da solicitação de valores espúrios a empresários, em troca da celebração de contratos com o município, por meio de fraudes em processos de licitação.

'