19/04/2019 15:45

Crivella pode ser multado se favorecer grupos religiosos

imagem

Marcelo Crivella conseguiu atenuar a ação em que é réu por improbidade administrativa, aberta após o escândalo do "fala com a Márcia".
Os desembargadores da 25ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro excluíram a possibilidade de Crivella perder o cargo de prefeito, prevista no caso de um novo favorecimento de grupos religiosos pela prefeitura. A informação é de Lauro Jardim, de O GLOBO.

Atendendo a um recurso do próprio Crivella e do município, a penalidade determinada em primeira instância foi substituída por uma multa. Assim, no caso de um nova infração, Crivella terá que pagar R$ 50 mil do próprio bolso — mas não é retirado da prefeitura pela Justiça.

Em uma reunião secreta com líderes evangélicos no Palácio da Cidade, em julho, Crivella deixou claro que seus aliados teriam facilidades no serviço público. Bastava que falassem com a Márcia, uma de suas assessoras.

'