21/01/2020 04:55

As críticas do presidente Bolsonaro ao governador Wilson Witzel foram públicas, duras e quase todas relacionadas à atuação da Polícia Civil e do Ministério Público do Rio na apuração da morte de Marielle. Deram-se momentos após o presidente prometer analisar os dois principais pleitos do prefeito Marcello Crivella: a renegociação da dívida de R$ 2 bilhões junto ao BNDEs prevista para ser paga este ano e a indenização ao município pela incorporação, em 1995, de postos e outras unidades de saúde federais. Bolsonaro prometeu empenhar-se na solução dos problemas e emendou: - Estou sempre disposto a ajudar o Rio, não só a capital como o Estado, apesar de o governador ter sido desleal comigo. É inadmissível o que ele está fazendo: colocando sob suspeição minha família na investigação do caso Marielle. Traidor. Mas sei separar questões pessoais do interesse público – disparou na presença de Crivella e dos demais convidados que até então não haviam sequer feito menção a Witzel. Foi do presidente a iniciativa.

Opinião - Ricardo Bruno

Ricarod Bruno

Decisão do STF trouxe apreensão na bancada do Rio

A decisão do STF de determinar que os Estados distribuam 25 % da cota dos royalties entre todos os municípios, independentemente de serem ou não produtores, trouxe apreensão aos deputados da bancada fluminense. A deliberação de hoje revelou que a tendência hegemônica na Corte é de não levar em conta a origem geográfica da produção na distribuição dos royalties. Ou seja, as razões que levaram o STF a decidir pela divisão entre todos os municípios do Estado poderão ser as mesmas a embasar a repartição entre todos os estados da federação, em julgamento previsto agora para o início de 2020.

Ricardo Bruno entrevista
 

Chico Dangelo encerra debate e garante apoio a Axel Grael em Niterói

Em manifestação à Agenda do Poder, o deputado Chico Dangelo (PDT) deu por encerrado o debate em torno da escolha da candidatura de Axel Grael, afirmando que , a partir de agora, está comprometido com a defesa da chapa escolhida pelo prefeito Rodrigo Neves.

Rodrigo marca reunião para tentar convencer Comte a apoiar Axel

Antes de anunciar publicamente a escolha de Axel Grael como o seu candidato à sucessão, o prefeito Rodrigo Neves vai promover uma série de reuniões visando contornar as insatisfações decorrentes da escolha. A primeira e mais complicada será com o ex-deputado Comte Bittencourt, que se rebelou contra a decisão e confidenciou a aliados a disposição de se candidatar, abrindo dissidência no grupo político que hoje apoia o prefeito. No encontro, agendado para esta segunda (20/01), Rodrigo pretende não só dissuadi-lo da candidatura como também garantir seu apoio a Axel.

Rodrigo Neves escolhe Axel. Comte se rebela: "Também sou candidato".

A decisão do prefeito Rodrigo Neves de lançar Axel Grael como candidato à sucessão não foi exatamente uma surpresa. Mas trouxe fissuras em sua base política: o ex-deputado Comte Bittencourt, atual secretário de governo, não aceitou ter sido preterido. Abriu dissidência e se lançou também candidato pelo Cidadania. “Vamos oferecer outra alternativa ao niteroiense dentro do campo que hoje apoia o prefeito”, afirmou em conversa com a Agenda do Poder.

Rodrigo Maia trabalha para fazer Martha Rocha vice de Eduardo Paes

O presidente da Câmara Rodrigo Maia quer decidir a eleição à prefeitura do Rio no primeiro turno. Entrou em campo para costurar uma aliança entre o DEM e o PDT, trazendo a deputada Martha Rocha para vice do ex-prefeito Eduardo Paes.

Corregedoria do TJ condena titular de cartório por desvio de recursos

A titular do cartório do 1° Ofício de Barra Mansa, Heloísa Estefan Prestes, perdeu o cargo por decisão da Corregedoria-Geral do TJ. Ela desviou recursos do cartório, omitindo a arrecadação de mais de 800 mil reais, segundo investigação da Receita Federal. De acordo com a Corregedoria, Heloisa sequer repassava ao Poder Judiciário os 20% do Fundo Especial do TJ, valor incluído nas cobranças dos serviços prestados pelo cartório. Heloisa Prestes pertence ao jet set de Niterói. Filha da colunista social Estela Prestes, circula com desembaraço nos principais eventos sociais da cidade, com trânsito nos círculos de poder do Judiciário e do Legislativo.

Com meningite viral, vice-governador Cláudio Castro está internado no Barra D`Or

O vice-governador do Rio, Cláudio Castro (PSC), está internado desde terça-feira (14) com quadro de meningite viral. Segundo nota divulgada pelo governo, a doença "provavelmente foi provocada pelo vírus do herpes". O político, que tem recebido medicação venosa, chegou ao hospital Barra D'or com muita dor de cabeça e tem previsão de alta para o próximo domingo. O Palácio Guanabara informou que o médico que acompanha Castro já notificou a Secretaria Municipal de Saúde, por se tratar de um caso de interesse público. A informação é de Berenice Seara, de O Extra.

Com oferta de R$ 200 milhões, Ronaldo Cézar Coelho já é dono de quase 8 % da Light

O ex-deputado federal Ronaldo Cézar Coelho comprou ontem por R$ 200 milhões cerca de 9 milhões de ações, o equivalente a 2,9% da empresa. Procurado pelo Itaú, que representava Ronaldo Cezar na operação, o BNDES topou vender e, na medida em que mais demanda apareceu, colocou mais papel à venda.

Novo tem debandada de filiados por conta de velhas práticas

O Partido Novo no Rio sofre debandada de seus quadros por conta de práticas da velha política: decisões pouco transparentes da cúpula e falta de critérios para escolha de candidatos majoritários e preenchimento de cargos em geral. O partido que nasceu sob o signo da mudança padece dos males da política tradional. Nota de Lauro Jardim de O Globo revela que nesta semana houve a desfiliação de vários ex-candidatos a deputado federal e estadual, todos insatisfeitos com as velhas práticas do NOVO.