19/03/2019 19:44

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), homologou no ano passado um acordo de delação premiada do empresário Paulo Roberto de Souza Cruz, que atua na área de iluminação pública no Rio de Janeiro. Em documento de seis páginas sob sigilo, Barroso trata do possível envolvimento de quatro políticos do Rio de Janeiro em crimes: a deputada federal Rosângela Gomes PRB), o ex-deputado federal Marcelo Delarolli (PR), atual assessor do ministro Onix Lorenzoni; o também ex- deputado federal Dejorge Patrício (PRB), e o ex-deputado estadual Walney Rocha (Patriota). A informação é de Thiago Prado, em sua coluna no site da revista Época.

Wladimir:" Índio foi delatado por receber propina"

O deputado federal Wladimir Garotinho rebateu as declarações de Indio da Costa – que se desfiliou do PSD por causa da entrada do filho do casal de ex-governadores.

Ricardo Bruno entrevista
 

TRF decide amanhã se Pezão pode responder à ação em liberdade

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região decide nesta quarta (20) se mantém a prisão preventiva do ex-governador do Rio Luiz Fernando Pezão, preso desde novembro de 2018.Pezão e os irmãos César Augusto e Luís Fernando Craveiro de Amorim, sócios da High End Home Theater, e Marcelo Santos Amorim, apontado como operador financeiro do ex-governador, foram alvos da Operação Boca de Lobo.

Câmara de Itaguaí abre comissão processante para cassar Charlinho

A Câmara Municipal de Itaguaí aceitou, semana passada, denúncia contra o prefeito Charlinho por irregularidades no fundo de previdência municipal. Por 10 a 7, os vereadores abriram também Comissão Processante para apurar o caso, cujo resultado poderá levar à cassação do mandato do prefeito. Após a votação, o presidente da Câmara,, Rubem Vieira, sorteou os três vereadores que conduzirão o trabalhos da comissão: Willan Cezar (presidente), Vinícius Alves (relator) e Noel Pedrosa (membro).

Quaquá põe pra correr nazista que tentou enfrentá-lo em Maricá

Ex-prefeito de Maricá e atual presidente do diretório estadual do PT no Rio de Janeiro, Washington Quaquá brigou com um sujeito que vestia uma camiseta com uma suástica nazista na noite desta sexta-feira (15). De acordo com informações de jornais locais e de testemunhas que relataram o caso nas redes sociais, Quaquá se divertia com os amigos em um bar no centro da cidade quando foi provocado pelo homem.

Alexandre de Moraes volta a negar liberdade a Pezão

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou mais uma vez um pedido de liberdade feito pelo ex-governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão, preso preventivamente desde 29 de novembro no âmbito da Operação Boca de Lobo, uma das fases da Lava Jato no Rio de Janeiro.

Índio deixa o PSD por discordar da filiação de Wladimir Garotinho

O ex-deputado índio da Costa renunciou hoje à presidência regional do PSD e anunciou o seu desligamento do partido por discordar da filiação do filho do ex-governador Garotinho, o deputado federal Wladimir Garotinho. A decisão põe fim a uma queda de braço entre Índio da Costa e o deputado Hugo Leal pelo controle do PSD no estado. De olho na possibilidade de se candidatar ao Governo do Estado em 2022, caso Witzel não dispute a reeleição, Hugo está tentando fortalecer a legenda convidando vereadores, deputados estaduais e federais para ingressarem no PSD. A decisão de Índio da Costa ocorre cinco dias após ter sido divulgado o conteúdo da delação do empresário Mariano Ferraz, segundo a qual ele teria pago 2,5 milhões de dólares ao ex-deputado em troca de proteção na CPI da Petrobrás em 2014. Índio refuta a acusação, afirmando que não era deputado à época, tendo recebido o valor por seu trabalho como advogado.

Tribunal de Justiça revoga prisão de Rodrigo Neves

Por seis votos a um, o prefeito Rodrigo Neves teve sua prisão preventiva revogada pelo Grupo de Câmaras Criminais do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), nesta terça-feira, e vai ter o direito de voltar ao cargo

Crivella diz que Witzel está mal informado sobre sambódromo

O prefeito Marcelo Crivella afirmou na manhã desta segunda-feira que o governador está "mal-informado" sobre o processo para transferir a gestão da Marques de Sapucaí para o governo estadual. Na última semana, o governador anunciou a intenção de assumir a administração do espaço. Segundo Crivella, Witzel precisa pedir ao município, já que a estrutura pertence à cidade do Rio, disse o prefeito. Hoje, a Passarela do Samba está cedida ao município em regime de comodato. Ele ainda alfinetou e sugeriu que a administração estadual também retome o gestão de hospitais que foram municipalizados durante o período de grave crise econômica do estado.

Dodge pede que ex-chefe de gabinete de Melo continue presa

A procuradora-geral, Raquel Dodge, manifestou-se pela manutenção da prisão preventiva da ex-chefe de gabinete de Paulo Melo, Andreia Cardoso do Nascimento, presa em novembro de 2018, na Operação Cadeia Velha. Ela é acusada de participar de ‘esquema de pagamento sistemático de propina a deputados estaduais, em troca de votos favoráveis na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, nos temas relacionados ao setor de transportes públicos’.

Últimas