26/10/2020 23:55

O candidato da Rede, Eduardo Bandeira de Mello, deve retirar sua candidatura para apoiar Martha Rocha, e assim, supostamente, garantir a presença da candidata do PDT no segundo turno. A informação é de Lauro Jardim, de O Globo. Estaria sendo costurado um acordo, a ser anunciado na próxima sexta-feira. Bandeira de Mello tem cerca de 3% das intenções de votos.

Após se mostrar competitiva num hipotético segundo turno com Eduardo Paes, a candidata do PDT, Martha Rocha vai começar a cumprir uma série de agendas com pautas nitidamente de esquerda para tentar ampliar seu eleitorado em franjas ideológicas hoje próximas a Benedita da Silva (PT) e Renata Souza (PSOL). Os atos, organizados pelo PSB, começam amanhã com visita ao Grupo Arco Íris, no Centro, onde assinará carta de compromissos com a comunidade LBGT.

Opinião - Ricardo Bruno

Ricarod Bruno

Com hegemonia nacional, Rio não se entende e patina em crise interminável

A tragédia da gestão pública no estado do Rio pode ser mensurada de vários modos. A análise de alguns números do Ministério da Economia são eloquentes por si, traduzem a dimensão do desastre econômico em terras fluminenses. Desde a posse de Wilson Witzel até julho de 2020, o estado perdeu 170.536 empregos com carteira assinada. O número é o dobro da perda de postos de trabalho em todo território nacional, que foi de 87.440.

Ricardo Bruno entrevista
 

No Jogo do Poder, Ceciliano pede que STF adie julgamento sobre os royalties

Em entrevista ao Jogo do Poder, neste domingo, o presidente da Alerj, André Ceciliano, defende que seja adiado o julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade que questiona as novas regras de divisão dos royalties no STF. Ao lado do Governo do Estado, a Alerj assumiu o protagonismo do movimento para sensibilizar o presidente do STF, o carioca Luiz Fux, a tirar de pauta o assunto a fim de que se permita a construção de uma saída negociada com os demais estados.

 

A VACINA DA DISCÓRDIA

Antes mesmo da publicação de sua nomeação definitiva, o Presidente da ANVISA já demonstra apreço pelos holofotes e pelo jogo político de Brasília. Capa de hoje nos jornais de grande circulação do país, Antônio Barra Torres parece ter abandonado o Jair Bolsonaro no tema da vacina chinesa.

 

DATAFOLHA: Martha venceria Paes no segundo turno, que não deverá ter Crivella

A pesquisa do Datafolha, divulgada hoje, traz dois fatos importantes para a compreensão do cenário eleitoral: Crivella está a um passo de não disputar o segundo turno; a tendência dos últimos movimentos mostra que sua candidatura deve ser ultrapassada ou por Martha Rocha (PDT) ou por Benedita da Silva (PT). A segunda informação importante não é alvissareira para Eduardo Paes (DEM): num segundo turno com Marta Rocha ele perderia para a pedetista por 45% contra 41%, dentro da margem de erro.

Vítima da Covid-19, morre o senador Arolde de Oliveira

Vítima da Covid-19, acaba de falecer o senador Arolde Oliveira (PSD). Ele estava internado no Hospital Samaritano havia 17 dias.

Carlos Portinho assume cadeira no Senado em substituição a Arolde

Assumirá a cadeira no Senado, em substituição a Arolde de Oliveira, falecido nesta quarta-feira, vítima da Covid-19, o advogado Carlos Francisco Portinho. Um dos fundadores do PSD, Portinho foi Secretário de Habitação do Município do Rio, na gestão de Marcelo Crivella e Secretário do Ambiente do Governo do Estado, em 2014, na gestão de Luiz Fernando Pezão, em substituição a Índio da Costa.

 

TCE aprova por unanimidade as contas de Rodrigo Neves em Niterói

O Tribunal de Contas do Estado aprovou por unanimidade a Prestação de Contas de 2019 da Prefeitura de Niterói. O corpo instrutivo do Tribunal e o Ministério Público de Contas também apresentaram parecer pela aprovação. O prefeito Rodrigo Neves disse que a decisão é o reconhecimento da seriedade e da transparência de sua gestão.

Justiça bloqueia contas de Cristiane Brasil e Pedro Fernandes

A Justiça determinou o bloqueio das contas bancárias, aplicações financeiras, e dos bens da ex-deputada federal Cristiane Brasil e do ex-secretário Pedro Fernandes. A medida também vale para outras cinco pessoas e quatro empresas, todos suspeitos de participação em um esquema de desvio de dinheiro público em contratos na área da assistência social.

Indicação de Kassio Marques para STF é aprovada por 57 votos a 10 pelo Senado

O plenário do Senado aprovou, por 57 votos a 10, a indicação de Kassio Nunes Marques à vaga no Supremo Tribunal Federal (STF) na noite desta quarta-feira. Kassio Marques ocupará a vaga aberta pela aposentadoria de Celso de Mello, que ficou 31 anos na Corte. Ele precisava de ao menos 41 votos favoráveis para ser aprovado.