02/04/2020 00:15

O vereador pelo Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro, será um dos responsáveis pela campanha eleitoral do prefeito Marcelo Crivella. O filho Zero Dois do presidente Jair Bolsonaro, cuidará, principalmente, das redes sociais do prefeito, informa Cassio Bruno, de Veja. Carlos, o irmão dele, o senador Flávio Bolsonaro e a mãe, Rogéria, são recém-filiados ao Republicanos (ex-PRB), partido de Crivella

Opinião - Ricardo Bruno

Ricarod Bruno

Crise pode inviabilizar em definitivo candidatura de Crivella

É cedo para se analisar os impactos do coronavirus nas eleições municipais. O agravamento do quadro, contudo, permite algumas ilações. A primeira é que de os atuais gestores da saúde pública nos munícipios poderão ser fortemente abalados, dada a expectativa de colapso absoluto do sistema hospitalar. O fato pode contaminar até mesmo prefeitos bem avaliados que, igualmente, poderão sucumbir diante do agravamento do quadro.

Ricardo Bruno entrevista
 

TJ absolve Paes de acusação de fraude na organização da Jornada da Juventude

A juíza Ana Helena Mota Lima Valle, da 26ª Vara Criminal do Rio, absolveu o ex-prefeito Eduardo Paes e outras seis pessoas da acusação de fraude na contratação dos serviços médicos prestados durante a Jornada Mundial da Juventude, em 2013, que contou com a presença do Papa Francisco. A informação é de Ancelmo Gois, de O GLOBO.

TRF-2 mantém preventivas de Paulo Melo e Albertassi

O TRF-2 manteve as prisões preventivas do ex-presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, Paulo Melo e do deputado estadual Edson Albertassi, no âmbito da operação Cadeia Velha, da Lava-jato fluminense. A decisão foi do desembargador Abel Gomes, que avaliou o pedido por determinação do STJ. A informação é de Lauro jardim, de O Globo.

Rede D'or, em parceria com Bradesco, Safra e Americanas, vai construir hospital de campanha no Leblon

A população do Rio de Janeiro poderá contar com um novo hospital de campanha para atender os pacientes do SUS, vítimas da Covid-19. Localizado em um terreno do governo do Estado ao lado do 23º Batalhão da Polícia Militar, no Leblon, terá 200 leitos, sendo 100 de UTI e 100 de enfermaria. Contará com tomografia digital, radiologia convencional, aparelhos de ultrassom e ecocardiograma e laboratório de patologia clínica. Deverá ficar pronto até o fim de abril e funcionará por 4 meses, durante o período mais grave da pandemia.A Rede D'Or vai liderar a construção e operação do Hospital. O investimento total será de R$ 45 milhões provenientes exclusivamente da iniciativa privada. A Rede D'Or arcará com R$ 25 milhões e R$ 20 milhões serão custeados pela Bradesco Seguros, Lojas Americanas, Instituto Brasileiro de Petróleo (IBP) e Banco Safra em partes iguais.

No Rio, Cabral e Wilson Carlos são os únicos presos da Lava Jato em regime fechado

O ex-governador Sérgio Cabral e seu ex-secretário de governo Wilson Carlos são os dois únicos presos da Lava Jato no Rio, a permanecerem no regime fechado. Eduardo Cunha, também um dos remanescentes de Bangu 8, passou à prisão domiciliar por conta do coronavirus. Já os ex-deputados estaduais todos tiveram relaxamento da prisão ou passaram à prisão domiciliar por razões de saúde.

STJ cassa decisão do TRF-2 e manda doleiro para a casa

O ministro Rogerio Schietti Cruz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), manteve decisão do juiz Marcelo Bretas, da Lava Jato Rio, e colocou o ‘doleiro dos doleiros’ Dario Messer em regime domiciliar. A suspensão da prisão temporária do preso da ‘Câmbio, Desligo’ provocou briga jurídica que começou no Supremo e desceu para as instâncias inferiores.

Projeto transforma Alerj em poder moderador entre escolas e pais na tentativa de redução das mensalidades

Um projeto em tramitação na Alerj está produzindo resultados mesmo antes de sua aprovação em plenário. A simples possibilidade de se tornar lei, obrigando as instituições de ensino a reduzirem as mensalidade em até 30%, está transformando a Casa numa espécie de poder moderador entre escolas e pais na busca de alternativas que reduzam os gastos das famílias num momento de crise aguda, como a atual. Ontem, por exemplo, A Estácio, maior conglomerado de ensino superior do país, antecipou-se e procurou o presidente André Ceciliano, para oferecer 20 mil bolsas integrais e mais 20 mil outros benefícios, entre os quais descontos.

Senado se junta à Câmara e ao STF para deter Bolsonaro

Todos os líderes do Senado assinaram agora há pouco manifesto em defesa do isolamento social, num movimento das instituições brasileiras, entre as quais o STF e Câmara dos Deputados, para deter a escalada irresponsável do presidente Bolsonaro, que tem defendido a volta ao trabalho na maioria dos setores da economia.

Witzel sobe o tom: vai mandar prender quem descumprir isolamento

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), afirmou nesta segunda-feira (30) que quem descumprir a determinação de isolamento social será detido por policiais e responsabilizado criminalmente. A medida é a principal estratégia para conter a pandemia de covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.